• Twitter
  • Facebook
  • Flickr
  • Youtube

Defensoria

02/01/2019

DPG participa da cerimônia de posse do governador Carlos Massa Ratinho JR

O defensor público-geral do Estado, Eduardo Abraão, participou das solenidades de posse e transmissão de cargo do governador Carlos Massa Ratinho Junior e do vice-governador Darci Piana, na manhã desta terça-feira (1º), compondo a mesa da sessão solene realizada na ALEP. O subdefensor público-geral, Matheus Munhoz, também prestigiou os eventos juntamente com outras autoridades civis, militares, eclesiásticas, do corpo consular e convidados.

Carlos Massa Ratinho Junior proferiu o seu compromisso constitucional de Governador de Estado, nos termos do art. 83 da Constituição Estadual, no sentido de cumprir e fazer cumprir a Constituição da República e a do Estado, de observar as leis e de promover o bem-estar geral do povo paranaense. 
A primeira dama do Estado, Luciana Saito Massa e a vice-primeira-dama, Maria José Piana, foram homenageadas com a entrega de um ramalhete de flores, feita pela deputada Claudia Pereira. Depois disso Ademar Traiano declarou Carlos Massa Ratinho Junior e Darci Piana como oficialmente empossados nos cargos de governador e vice-governador, passando a palavra ao chefe do Poder Executivo estadual.

Discurso – Em seu primeiro discurso como governador, Ratinho Junior relembrou seu início na vida pública como deputado estadual, ressaltando que foi no Plenário da Assembleia Legislativa que começou a compartilhar seus sonhos com todos os paranaenses. “Foi nesta Casa que aprendi a consolidar a prática do diálogo, da democracia e do respeito. Aprendi que ouvir, ponderar e ter serenidade para tomar as decisões, é mais importante que ter razão. A caminhada até aqui, hoje, foi marcada por uma trajetória de muita luta, de muito trabalho, de muita confiança, e pela certeza de que é possível romper com modelos antigos e estabelecer um novo jeito de fazer política”, disse.

Ratinho Junior também afirmou em seu discurso ter orgulho de ser o primeiro governador do Paraná, nos últimos 40 anos, que não faz parte de nenhuma oligarquia política, e de ter uma história familiar de superação. O novo governador do Paraná agradeceu aos mais de três milhões de votos que recebeu dos paranaenses e afirmou estar consciente da responsabilidade, e que sua dedicação e entrega serão plenos durante os próximos quatro anos. “A minha obrigação de trabalhar incansavelmente para fazer do Paraná uma referência para o Brasil, o estado mais moderno do nosso país, é também o compromisso de todos que me acompanham no meu governo, todos os secretários e todos os dirigentes de estatais, de autarquias e de órgãos do Estado vão trabalhar com metas e objetivos para consolidar o Paraná como protagonista do Brasil”, ressaltou.

O governador do Paraná falou sobre a importância do agronegócio para a economia do estado, afirmando que seu governo investirá em novas tecnologias no campo e apoiará os pequenos, médios e grandes produtores rurais do estado. No discurso, Ratinho Junior afirmou que serão realizados pesados investimentos em infraestrutura para acompanhar o crescimento da produção agrícola e industrial do estado. “Seremos o polo logístico da América Latina para assumir a liderança econômica da nossa região”, destacou.
Para a área de segurança pública, o novo chefe do Poder Executivo estadual afirmou que o objetivo é combinar as mais modernas tecnologias com inteligência, estratégia e a presença ampliada do contingente policial do Estado nas ruas. Para a Educação, Ratinho Júnior declarou que o aluno da rede estadual será o centro do processo de ensino. “Vamos em busca do melhor Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) do Brasil. Será nossa meta e nosso desafio. No ensino superior vamos consolidar nossas universidades estaduais. As nossas escolas e universidades serão a base formadora de cidadãos prontos os novos desafios”, apontou.

A geração de emprego no estado também foi abordada pelo novo governador em seu discurso de posse. De acordo com Ratinho Junior, o objetivo é gerar empregos próximos das pessoas para que as famílias paranaenses não precisem se deslocar grandes distâncias para trabalhar ou buscar emprego. Na área da saúde, o chefe do Executivo afirmou que serão criados programas específicos para garantir que saúde no Paraná seja sinônimo de respeito e qualidade.
Ratinho Junior encerrou seu discurso afirmando que o novo modelo de gestão exige transparência, medidas de governança com políticas de compliance em todas as áreas e respeito ao dinheiro público. “Não viveremos mais num estado de improviso. Vamos planejar nosso futuro. Durante a campanha eu sempre dizia que para quem não sabe aonde quer chegar, qualquer caminho serve. Nós sabemos onde queremos chegar e o único caminho possível é o da eficiência”, concluiu o governador.

Fonte: ALEP

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.