• Twitter
  • Facebook
  • Flickr
  • Youtube
  • Flicker

Defensoria

20/09/2019

NUDEM promove manhã voltada às mulheres

O evento trouxe reflexões acerca de direitos e violências no ambiente de trabalho

Na manhã desta sexta-feira (20), o Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher, em parceria com a Escola da Defensoria Pública do Estado do Paraná, a Associação das(os) Defensoras(es) Públicas(os) do Estado do Paraná e a Associação das(os) Servidoras(es) da Defensoria Pública do Paraná, promoveu o evento “A mulher no ambiente de trabalho”. Além de discutir temas relacionados a direitos e tipos de violência, as presentes participaram de um café da manhã e receberam a cartilha desenvolvida sobre o assunto.

Na ocasião, a socióloga que atua na coordenadoria de planejamento da DPE-PR, Cristiane Garcia Pires, apresentou dados gerais e específicos no que se refere a sexo, gênero e raça das(os) defensoras(es), servidoras(es) e estagiárias(os) da Instituição. Para ela, o evento foi muito positivo: “Conseguimos reunir mulheres de diversos setores e cargos para uma discussão muito necessária”, contou Pires.

Com a palestra “Desvendando o Machismo Invisível: Identificação e Soluções para o Cotidiano”, a psicóloga do Centro de Atendimento Multidisciplinar, Marcela de Oliveira Ortolan, citou os casos mais recorrentes e esclareceu os termos utilizados para sinalizar o machismo nas mais diversas relações. “É importante trazer à tona essas definições pois, a partir do momento que damos nome a eles, podemos identificá-los e principalmente propor soluções para que não se repitam”, comentou a psicóloga.

Já a coordenadora do NUDEM, dra. Eliana Tavares Paes Lopes, destaca a importância da orientação em direitos. “É necessário falar desse tipo de violência para que, através da informação, as trabalhadoras se conscientizem e saibam que podem procurar ajuda”, concluiu.

O evento lotou o auditório da Sede Central de Atendimento: foram cerca de 50 mulheres, distribuídas entre defensoras públicas, servidoras, estagiárias e terceirizadas da Instituição. Para a estagiária de execução penal, Vanessa Fogaça Prateano, eventos como esse são essenciais: “É muito importante que tenhamos um espaço para discutir e refletir sobre esse tema que muitas vezes não é debatido”, declarou Vanessa.

Cartilha
A cartilha “A Mulher no Ambiente de Trabalho – Direitos e Violências” esclarece quais são os principais tipos de assédio, conta como agir em casos de violência, define os termos utilizados e aborda alguns dos direitos trabalhistas da mulher.

Para acessar o documento, clique aqui.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.