• Twitter
  • Facebook
  • Flickr
  • Youtube

Defensoria

03/12/2018

NUDEM promove roda de conversa sobre o aumento da violência contra mulheres negras

Na última quinta-feira (29) o Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher realizou o evento “Roda de conversa: o aumento da violência contra mulheres negras e o papel da Defensoria Pública’’, no auditório da Casa da Mulher Brasileira. O encontro teve como objetivo discutir de que forma a Defensoria Pública poderia auxiliar no enfrentamento à violência contra a mulher negra em suas mais diversas formas, para além da violência doméstica. A roda de conversa contou com a  presença das Defensoras Patrícia Rodrigues Mendes, auxiliar do Nudem, Camille Vieira da Costa, colaboradora do Nudem, Andreza Lima de Menezes e Eliana Lopes, coordenadora do Nudem. Também estiveram presentes representantes da Rede Ferminista de Saúde, da Rede de Mulheres Negras, do Movimento Evangélico Negro e da Marcha Mundial de Mulheres.

Na oportunidade discutiu-se a necessidade de cobrar do Poder Público a aplicação das políticas de saúde específicas para a população negra, bem como a necessidade de retomada do Comitê de Morte Materna. Nesse sentido, salientou-se que as mulheres negras tendem a ser mais vítimas de abortos espontâneos, de modo que é necessário a reativação do Comitê de Morte Materna, dentre outras coisas, para que sejam retomadas as análises de óbitos maternos. Discutiu-se também as estatísticas de assassinatos da juventude negra e a necessidade de que seja cobrada a aplicação da Lei Lei 10.639, sobre ensino de cultura afro-brasileira nas escolas. A roda de conversa fez parte das ações realizadas pelo NUDEM para celebrar os 16 dias de ativismo em prol das mulheres e da população negra.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.