• Twitter
  • Facebook
  • Flickr
  • Feed RSS

Defensoria

28/02/2018

DPPR promove Semana da Mulher em todo estado

A Semana da Mulher é um evento de iniciativa da Escola da Defensoria (EDEPAR) em parceria com o Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos (NUCIDH) e a Associação dos Defensores Públicos do Paraná (ADEPAR) para comemorar o 08 de março, Dia Internacional da Mulher, com sensibilização sobre as violências contra mulheres, tema que deve ser constantemente debatido na sociedade.

“A EDEPAR está imensamente feliz com as atividades da Semana da Mulher ocorrendo de forma unificada. Acreditamos que este modelo pode unir ainda mais as sedes da DPPR em prol de um trabalho conjunto que promova a educação em direitos para as mulheres do Paraná“, comemora a assistente social Gabriele Maria Rezende Bahr.

De acordo com a defensora pública diretora interina da EDEPAR, Eliana Tavares Paes Lopes, a Semana comemorativa da Mulher foi idealizada para ser evento institucional, em parceria com o NUCIDH e com a ADEPAR, abrangendo membros e equipes técnicas que quisessem participar e contribuir com palestras ou falas e conscientização por meio de material impresso, mas sem engessar, podendo cada sede elaborar outras atividades. “Foi muito gratificante ver como muitas sedes se habilitaram a promover o evento, com atuação conjunta dos defensores, psicólogos e assistentes sociais, o que só enriquece o trabalho da Instituição”, comemora. O tema central escolhido foi a violência de gênero, apesar dos direitos das mulheres irem muito além disso, na esteira do mandado constitucional de igualdade entre homens e mulheres, pois ainda é muito grave o que ocorre em nossa sociedade. “A EDEPAR está com um projeto de calendário comemorativo, para repetirmos eventos como esse da Semana da Mulher, todos os meses, com respectivas datas importantes", explica a defensora.

A programação da Semana da Mulher conta com palestras e atividades com o público feminino da instituição em diversas sedes do estado. Confira!

 

Dia 05/03 (segunda), às 12h

Abertura da Semana da Mulher no Centro de Atendimento Multidisciplinar da sede central da Defensoria em Curitiba. Fala da defensora Cinthia Azevedo Santos (NUCIDH), da assistente social Gabriele Maria Rezende Bahr, da equipe da EDEPAR e da psicóloga Jéssica Mendes, da sede da Casa da Mulher Brasileira.

Em Guarapuava – Atividade de atendimento do setor jurídico às sentenciadas em comemoração à Semana da Mulher, fala da assistente social Adriele Andreia Inácio, com acompanhamento das atividades pela defensora Tathiane Barbieri.

Em Maringá – Palestra às 14 horas, no CRAS Itaipu, em parceria com a Secretaria da Mulher do Município de Maringá, com o tema "Violência Doméstica e relacionamentos abusivos" e com orientações referentes aos tipos de violência, sobre os tramites do B.O., medida protetiva, como acionar a rede de proteção e atuação da Defensoria em Maringá nos casos de violência contra mulher.

 

Dia 06/03 (terça), às 10h30 e às 14h30

Na Casa da Mulher Brasileira haverá uma fala da defensora pública coordenadora do posto da Defensoria na CMB, Luciana Tramujas Azevedo Bueno, na parte da manhã, seguida pela professora Cinthia Tortato, do Instituto Federal do Paraná (IFPR) e da defensora pública Flora Vaz Cardoso Pinheiro na parte da tarde, junto com a psicóloga Jéssica Mendes.

Em Cascavel – serão realizadas abordagens individuais ao público que procurar a sede nessa data, além de atividades de sensibilização sobre a violência de gênero para familiares de sentenciados, através de fala expositiva da assessora jurídica Mônica Prudente de Moraes, da equipe técnica do Centro de Atendimento Multidisciplinar da DPPR de Cascavel com a participação de assistentes sociais do Conselho da Comunidade.

Em Francisco Beltrão – Café da manhã com as mulheres da Cadeia Pública e atividade de roda de conversa sobre o Dia da Mulher com os psicólogos Delair Spezia Pandolfo e João Paulo Howeler do Centro de Atendimento Multidisciplinar de Francisco Beltrão.

 

Dia 07/03 (quarta)

Na sede descentralizada da Defensoria no Boqueirão haverá uma fala da defensora pública Ana Caroline Teixeira, seguida pela assistente social Gabriele Maria Rezende Bahr e pela psicóloga Jéssica Mendes.

Em Cianorte – fala da assistente social Grazielle Ganhão e da psicóloga Aline Daniele Hoepers, do Centro de Atendimento Multidisciplinar de Cianorte. Palestra de orientação e sensibilização com trabalhadoras do Instituto Morena Rosa sobre violência doméstica e roda de conversa com cuidadoras da Pousada da Criança e do Adolescente sobre violência doméstica.  

Em Campo Mourão – fala da defensora Mariana Gonzaga Amorim, da assistentes social Raquel Rodrigues Alegre Pagliarini e da psicóloga Tânia Cristina Cordeiro, do Centro de Atendimento Multidisciplinar de Campo Mourão. Café da manhã para as mulheres na Cadeia Pública local sob coordenação da defensora Mariana Gonzaga Amorim.

Em Ponta Grossa – Fala da Defensora Pública Ana Paula Gamero e da psicóloga Patrícia Regina Olbermann Duda, do Centro de Atendimento Multidisciplinar de Ponta Grossa.

Em Londrina – Roda de Conversa com as socioeducandas do Centro de Socioeducação Londrina I, com a participação da defensora pública Elisabete Aparecida Arruda Silva e da equipe técnica da Defensoria com atuação na área dos adolescentes em conflito com a lei privados de liberdade.

Em Guarapuava – Palestra da assistente social do Centro de Atendimento Multidisciplinar Adriele Inácio com o tema “Hoje recebi flores: A mulher no contexto da violência doméstica", em parceria com a universidade UNICENTRO.

 

Dia 08/03 (quinta) – Dia Internacional da Mulher

No Centro de Atendimento Multidisciplinar da sede central da Defensoria, às 12h, haverá uma fala da defensora pública Patrícia Mendes seguida pela assistente social Gabriele Maria Rezende Bahr.

Em Guarapuava – fala da assistente social Adriele Andreia Inácio, com acompanhamento das atividades pela defensora Tathiane Barbieri.

Em Cianorte – fala da assistente social Grazielle Ganhão e da psicóloga Aline Daniele Hoepers, do Centro de Atendimento Multidisciplinar de Cianorte na sede da DPPR. Participação na feira informativa, aberta ao grande público, em que estarão presentes as instituições da rede que atuam na defesa dos direitos das mulheres, que será realizada no Centro de Eventos Ioshito Mori. A Defensoria Pública contará com um estande, onde prestará orientações e entregará materiais informativos.

Em Londrina – atividade de conscientização e distribuição de folder da EDEPAR no Terminal Central com os psicólogos Ailson Batista dos Santos Junior, Alysha Carolyna Rocha de Oliveira, Clodoaldo Porto Filho, Kemeli Rodrigues Piveta, Fábio Eiji Sato, Fernanda Loprete Cury e as assistentes sociais Juscilene Galdino da Silva, Katlin Nayara Bianco Monteiro e Nara Damião dos Santos Lucena, do Centro de Atendimento Multidisciplinar de Londrina. Haverá também um evento em parceria com o DEPEN na Cadeia Feminina de Londrina, com café e bolo para as apenadas, com a coordenação das defensoras públicas Francine Faneze Borsato Amorese e Elisabete Aparecida Arruda Silva.

 

Dia 09/03 (sexta), às 12h

No Centro de Atendimento Multidisciplinar da sede central da Defensoria ocorre o encerramento da semana com fala do coordenador do CAM Erick Lé Ferreira, seguido por defensores da ADEPAR e pela assistente social Gabriele Maria Rezende Bahr e a psicóloga Jéssica Mendes.

Em Londrina – Conscientização na Avenida Saul Elkind com os psicólogos Ailson Batista dos Santos Junior, Alysha Carolyna Rocha de Oliveira, Clodoaldo Porto Filho, Kemeli Rodrigues Piveta, Lilian Flávia Tavares, Fábio Eiji Sato, Fernanda Loprete Cury e as assistentes sociais Juscilene Galdino da Silva, Katlin Nayara Bianco Monteiro e Nara Damião dos Santos Lucena, do Centro de Atendimento Multidisciplinar de Londrina, sob coordenação da defensora pública Francine Faneze Borsato Amorese.

 

Durante a semana, o programa de rádio da DPPR, “É Seu Direito”, também vai abordar temas relacionados aos direitos das mulheres. Saiba mais, clique aqui!

 

Texto editado dia 05/03 às 10h.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.