• Twitter
  • Facebook
  • Flickr
  • Feed RSS

Defensoria

11/01/2018

Núcleos da DPPR reúnem-se com representantes do Movimento dos Atingidos por Barragens

Foi realizada nesta quarta-feira (10) uma reunião entre representantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e dos Núcleos Itinerante das Questões Fundiárias e Urbanísticas (NUFURB) e da Cidadania e Direitos Humanos (NUCIDH) da Defensoria Pública. No encontro foram debatidas diretrizes para a formação de um grupo de trabalho interdisciplinar que estudará as melhores estratégias de atuação junto à população do estado que sofre com a construção de hidrelétricas. Serão atendidas comunidades de regiões como Salto Osório, Salto Santiago, Baixo Iguaçu e Capanema, entre outras.

“Muitas famílias são expulsas de seu local de moradia, em razão do avanço das usinas hidrelétricas e têm todos os tipos de direitos violados. A dignidade dessas pessoas é frequentemente atropelada pelo poder econômico”, explica a defensora coordenadora do NUFURB, Olenka Lins e Silva.

No Paraná, segundo dados do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (IPARDES), existem mais de 50 usinas construídas e mais de 100 projetos para outras construções nos rios Tibagi, Piquiri, Ivaí, Chopim, Ribeira, Jangada, Pirapó, Iratim, Goioerê e outros.

Participaram da reunião Olenka Lins e Silva, coordenadora do NUFURB, Wisley dos Santos, defensor auxiliar do NUCIDH, Robson Formica, representante do MAB, e Guilherme Uchimura, advogado popular.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.